22/08/17 11:18

Autopista Planalto Sul completou 49 dias sem acidentes com óbitos na BR-116/PR-SC

Todos os meses a concessionária realiza diversas ações de segurança viária, entre elas o Serra Segura, que já está na sua 18ª edição neste ano.

 A Autopista Planalto Sul, concessionária do Grupo Arteris, completou recentemente 49 dias sem acidentes com óbitos na BR-116, no que compreende o trecho concedido, de Curitiba à divisa com Rio Grande do Sul. A série histórica teve início no dia 20 de junho, em Monte Castelo, única ocorrência com fatalidade no mês.

 

A concessionária atribui esse recorde ao empenho de várias áreas, em especial do Grupo Estratégico para Redução de Acidentes – GERAR, e da parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de todo o trecho.

 

Todos os meses a concessionária realiza diversas ações de segurança viária, entre elas o Serra Segura, que já está na sua 18ª edição neste ano. Três vezes no mês a Planalto Sul dispõe equipe de mecânicos, que juntamente com a PRF faz uma vistoria dos itens de segurança dos caminhões que trafegam pela rodovia. “Encontramos com frequência caminhões com pneus extremamente gastos e cuícas de freios isoladas comprometendo todo o sistema de frenagem. Muitos desses caminhões acabam sendo detidos até a regularização”, ressaltou José Junior, coordenador de operações da concessionária.

 

Além disso, a Planalto Sul faz campanhas educativas que envolvem de crianças a adultos, palestras em empresas com foco na segurança viária, fiscalização de caminhões com excesso de peso e simulados de acidentes para aprimorar o atendimento das equipes de Atendimento Pré-hospitalar. A concessionária também criou o Comitê de Operações, onde integrantes da concessionária discutem juntamente com representantes das três Delegacias da PRF, ações de melhoria para a segurança na rodovia. Com base nestas reuniões do Comitê, a PRF por sua vez aumentou a fiscalização de velocidade no trecho concedido assim como a fiscalização por ultrapassagens em locais proibidos.

 

O destaque também vai para as ações de engenharia com soluções efetivas de segurança em toda a rodovia, como os marcadores de alinhamento em curvas, as barreiras de concreto nas obras, as melhorias na sinalização vertical e horizontal, além de dispositivos e reparos constantes no pavimento da rodovia.

 

“Buscamos promover a segurança em nossa rodovia e desta forma contribuímos para a redução dos acidentes, não é à toa que a Arteris tem um dos seus pilares estratégicos a segurança. Perseguimos a meta de zero óbitos e conseguimos alcançar. Agora vamos aprimorar ainda mais as nossas ações”, disse Cesar Sass, diretor-superintendente da Autopista Planalto Sul.

 

Em 2016, foram cinco óbitos no mês de junho, e em 2017 apenas um, já em julho do ano passado foram três fatalidades e zero em 2017. No acumulado dos seis primeiros meses do ano, a redução é de 22,2% de acidentes fatais em toda a rodovia.